Pensar

 

 


Quando era adolescente queimava as pestanas e horas infindaveis ,em frente de um tabuleiro, a jogar xadrez com um parceiro, não com uma máquina que é outras coisa difrente.

O jogo do xadrez exige concentração, abstração, fantasia, capacidade de controlar as emoções, etc.

O xadrez ensinou-me a pensar, um bem que é precioso mas escasso.

Jovens e adultos, em qualquer idade, deviam «perder tempo» a jogar xadrez.

tags: ,
publicado por pimentaeouro às 22:32