Sofrimento

 

 

As atribulações que passei comparadas com o sofrimento físico da minha mulher ( dor neuropática permanente ) são uma insignificância: vivemos no inferno.

tags:
publicado por pimentaeouro às 20:21