mais sobre mim

subscrever feeds

links

pesquisar

 

arquivos

Quarta-feira, 29 DE Março DE 2017

Sofrimento #3

Assisto impotente e angustiado ao sofrimento da minha mulher, apenas posso dar-lhe carinho e tratar dos trabalhos domésticos.

O rosto alegre e sorridente que conheci durante décadas foi substituído por um rosto marcado pela dor e pelo sofrimento.

A vida nunca me pareceu tão incerta e penosa. Que futuro espera a minha mulher?

publicado por pimentaeouro às 22:28
Segunda-feira, 07 DE Dezembro DE 2015

Rosa que fenece

Resultado de imagem para rosas

 

Já não conversamos juntos, já não rimos juntos, tão pouco discutimos, nem dormimos na mesma cama.

Duplamente infeliz, as perturbações delirantes arruínam lentamente a tua consciência, o teu sorriso alegre, a tua vontade de viver. Estás ausente, é uma pessoa que não conheço: eras a alma da casa, como gostavas de dizer, agora és uma rosa vermelha que fenece e eu contigo feneço também. Parte-me a alma!

tags: , ,
publicado por pimentaeouro às 17:41
Quarta-feira, 20 DE Maio DE 2015

...

É um horror, uma tragédia, não tenho palavras para exprimir a dor que sinto. A minha infeliz mulher está a ser destruída pela dor neuropática. Desapareceu a alegria, a vontade de viver, o sorriso, no seu rosto há apenas rugas e marcas da dor que a consome; adormece exausta pela dor e pelo sofrimento. Está perto de ficar acamada, não consegue andar em cima da dor, ninguém consegue. Há limites para tudo, principalmente, para um sofrimento como este.

Quando  me debruçar sobre a cama para a acordar,  choro   lágrimas que reprimo, não quero que ela as veja. Não tenho esperança, só tristeza, solidão,  à minha volta como nunca tive na vida.

tags: ,
publicado por pimentaeouro às 22:49
Quarta-feira, 13 DE Maio DE 2015

Tragédia

A tragédia abate-se sobre a minha infeliz mulher. A dor crónica da neuropatia degenerativa não cessa de se agravar. Exausta de dor adormece e a minha solidão e angustia aumenta. Até  onde irá agravar-se a dor?

Não é possível imaginar tamanho sofrimento, está para além do conhecimento! Em cima de seis anos de dor crónica, quantos mais anos terá de sofrimento? Acamada será o destino dos seus dias. Adorava viver, tinha o sorisso estampado no rosto, onde hoje existem apenas rugas de sofrimento. Não quero imaginar, sequer, como serão os poucos anos que nos restam.

publicado por pimentaeouro às 19:56

pesquisar

 

Dezembro 2017

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

comentários recentes

Posts mais comentados

blogs SAPO


Universidade de Aveiro