Tunel sem luz

A dor crónica prolongada causa lesões no cérebro e a minha mulher apresenta os primeiros sintomas da doença de Alzheimer, desconfiança e agressividade.

A desconfiança é sobre factos que não aconteceram, não há argumentos que aceite, não é racional. São os primeiros passos sobre a linha divisória entre o racional e a insanidade, linha invisível mas real, de um momento para o outro ultrapassa a zona da racionalidade, o pouco depois regressa ao seu estado normal e as manifestações de agressividade também acontecem sem motivo aparente: são alterações no comportamento que a doença irá acentuando.

A única atitude possível, que não é fácil, é não reagir, não responder porque nada a demove e, pelo contrário, acirra as alterações.

Com o passar do tempo, quantos meses? Tudo se irá agravar. Com 80 anos não sei se poderei aguentar este lenho.

publicado por pimentaeouro às 16:09